Banda: WOSLOM

Categoria: Thrash Metal

Ano: 2016

Quem não conhece os paulistas da WOSLOM? Acredito que poucos aqui não os conhecem, pois esta é uma banda que atua muito bem no underground brasileiro. Eles estrearam com “Time to Rise” (2010), que de cara foi bem aceito pela mídia e pelo público do Metal (e superar a chatice do público metal com um debut já é um grande trunfo!). Logo em seguida eles soltaram “Evolustruction” (2013), onde já se apresentaram como uma banda mais madura, em um trabalho com a qualidade de mixagem mais definida. Também com um DVD na praça, de 2014, a banda fez também tour por algumas regiões do Brasil e tudo isso só vem fincado cada vez mais o nome deles.

Mas, enfim, estamos aqui para falar do novo trampo deles, o álbum “A Near Life Experience”, foi lançado neste ano de 2016, pela Shinigami em formato CD. Primeiramente falarei da embalagem: A capa exige um pouco de atenção, pois não é uma mera capa. Existe uma valorização da arte e trata-se de um enigma. Nela, tem frases que vão fazendo citações de situações, cito como exemplo o nome do primeiro álbum da banda. Vi também o símbolo do “Ace of Spades” (Motorhead), o nome dos integrantes como letreiros de neon e por aí vai! Essa capa como pôster ou uma capa de vinil deve ficar magnífica devido a estes detalhes, similar ao que o Iron Maiden lançava.

Na primeira música, “Underworld of Aggression”, parece que a banda vai soar mais leve que os anteriores, mas só parece. Quando entra a cacetada você vai ao embalo e esta faixa já garante refrões marcantes. A voz de Silvano está cada vez melhor. Logo nos deparamos com a faixa título, que inclusive é bastante longa mas não se torna uma música chata. Os caras conseguem manter um padrão de qualidade ‘ISO Thrash empolgue-se total’ e a faixa “Brokendones” reafirma isso. Todas as faixas se interligam e garantem roda. E eles fecham com um cover da banda ByWar.

No geral, é um ótimo álbum, com maravilhosas construções, excelentes solos, cozinha empolgante. Quanto à voz... Perfeita pra o estilo!

[Evolustruction]

(por Hugo Veikon)

                                               << Voltar ao Site