Bandas: THE CROSS

Categoria: Doom Metal

Ano: 2015

The Cross é uma banda antiga que não conquistou muito espaço na cena por um único motivo: não se manteve no batente. Eles começaram no início da década de noventa, sendo considerado um dos percussores do doom metal no Brasil. Subitamente lançaram uma curta demo chamada ‘The Fall’ e tiveram a devida aceitação naquela ocasião. Se eles tivessem se mantido seriam um grande nome, mas enfim... Eles voltaram soltaram o EP, ‘Flames Through Priests’, com duas músicas inéditas mais três da citada demo, mas já vêm de forma profissional, com um material prensado, letras no encarte (das duas músicas inéditas) e aquele Doom lúgubre.

O material, apesar de poucas faixas, tem quase 40min e começam com as faixas inéditas e sede de expelir toda fúria guardada em seu âmago. Pra você que gosta daquela linha nada tradicional do My Dying Bride, a THE CROSS é a banda que te trará, sem dúvida, essa ambientação. Apesar de longas músicas eu esperava um vocal mais escasso, mas mero engano, Eduardo vai partindo as frases. “Cursed Priest”, faixa de abertura, tem várias passagens que se você pairar por entre as melodias, pensará que já mudou de música.

O trabalho de LR (esquerda e direito dos caixas de som) nas saídas de som fez total diferença, enriquecendo assim as músicas e deixando o ouvinte ainda mais hipnotizado. A segunda faixa, “Sweet Tragedy” é uma típica música de doom metal, ou seja, arrastada.  Apesar de ambas as músicas de abertura e também inéditas serem muito longas, elas não são muitas óbvias ou enfadonhas.

O “Lado B” do trabalho é a demo ‘The Fall’ lançada em 1993, com as músicas em sua total originalidade. A qualidade sonora cai bastante, evidentemente, mas lógico que a parte interessante disso tudo é eles se preocuparem em dar acesso a demo para todos que não a tinham mas puderem pegá-la no atual EP “Flames Through Priests’. 

(por Hugo Veikon)

                                               << Voltar ao Site