Banda: THE AX

Categoria: Thrash  Metal

Ano: 2010


É com grande orgulho e satisfação que vos apresento, em primeira mão, o novo material da banda pernambucana que é uma das mais antigas da consagrada cena nacional de Thrash Metal, THE AX, que está em atividade desde 1985. Mais uma vez a banda vem lançar seu material de forma independente, porém desta vez com uma qualidade inigualável, com um line-up mais sólido, com: Washington Pedro (guitarra/vocal – fronte man), Hermirio Paulino (baixo) e Phillipe Maia (batera)

Postcard From Hell é o nome desse novo ataque, onde presenciamos um Thrash Old School bastante autêntico e com um espírito dos anos 80.

Iniciamos com “All Tolerance” que é um instrumental muito bem executado com pegadas de bate estaca e varias cadencias, apesar de ser instrumental a referida faixa apresenta letra no encarte é coisa pra ficar doido. “Cross out of the Book” é uma faixa bem rápida com riffs muito instigantes, impossível de ficar parado. “Estigma (The Generation)” é a terceira faixa conhecidíssima pelo público por ser uma música das antigas (da demo anterior), costuma passar muita energia quando tocada ao vivo, logo após temos um cover de “In the Name of Tragedy”,  do Motorhead, muito interessante e destaque para o vocal de Washinghton muito parecido com Lemmy – A The Ax merecia ter aberto o show desses Headlines no Abril pro Rock. A quinta faixa é “Instrumental To Graver Diggers” muito empolgante, “Meanes”, a próxima do set list, tem uma pegada muito boa, lembrando varias bandas clássicas dos anos 80, “New” é um ótimo bate cabeça, “Postcard from Hell”, talvez, a melhor faixa do material por seus Riffs muito bem elaborados, “You Had a Life” e  “Crematoriun wait for us” enceram  essa sanguinária experiência com passagens que lembram, sem dúvida, bandas como Dorsal Atlantica, Chakal e Explicit Hate... e outras do estilo!

Material super indicado aos amantes do Old School, infelizmente a gravação deixa um pouco a desejar e o disco é pouco cantado o que o torna em alguns momentos um pouco monótono, a arte gráfica elaborada por Alcides Burn ficou muito boa, Recomendável!

(por Elvis Oliver)