Bandas: SUPERSONIC BREWER

Categoria: Heavy/Thrash Metal

Ano: 2015

Cara, vou ter que ser repetitivo, porque é fato : quando se fala Rio Grande do Sul já é de se esperar boa banda . Pense num estado pra revelar grandes bandas e  o SUPERSONIC BREWER entra fácil nessa lista. A banda trabalha um Thrash  bem potente  e com fortes arranjos Heavy tradicional. Foi assim no charmoso ‘Overthrow the Bastard’, lançado em 2014, mais uma vez pela MS Metal Records. Material que teve um encarte tão foda quanto sua musicalidade forte.

A banda soltou, em 2015, um EP lançado por um coletivo de selos, mas a MS sendo o carro chefe.  Na parte gráfica não consta o line-up , então se supõem que foi o mesmo do material anterior: Vinicius Durli (vocais, baixo), Rodrigo Fiorini e Mauricio Menegotto (guitarras) e Evandro da Silva (bateria).

Este material trata-se de um revival da banda a 2011 , pois temos cinco das sete faixas do seu debut,  e uma inédita, intitulada “Embrace Disgrace” . Interessante como essa música tem mais a ver com a proposta inicial da banda do que com o antecessor lançado (2014). “Embrace Disgrace”  é menos rápida e mais clean. E finalizam com um cover do Led Zeppelin, que/a> eu chamaria na verdade de versão. Uma música bem escolhida, afinal tem uma melodia fortemente metal, mas ao chegar em 2’08’’ (mais ou menos), logo após o solo, você percebe que essa faixa é, na verdade, um medley  com a música Kashmir, que deixa de ser psicodélico e passa ser aquele heavy meio sujo (no bom sentido) soando a -lá Zakk Wylde.

O material é uma chance pra quem não pegou o debut,  sendo que agora você pode tê-lo com uma nova roupagem.

 

(por Hugo Veikon)

                                               << Voltar ao Site