Banda: STORMS

Categoria: Thrash Metal

Ano: 2013

2013 foi um grande ano para a cena metal da cidade de Caruaru/PE e não poderíamos fechar o ano sem falar do registro da banda pioneira do Thrash Metal daquela cidade. A  Storms foi fundada em 1988 e após um ano conseguiu fazer um registro (não oficial) que foi divulgado nos poucos meios especializados daquele tempo e conseguiu algumas apresentações com um setlist composto por covers e poucas composições autorais, músicas estas que foram incluídas no EP ‘THE BEGINNING OF THE END’, lançado em dezembro deste ano (2013), após um hiato de quase duas décadas.

Interessante que após tanto tempo a banda sofreu apenas com a saída do baixista, posto assumido atualmente por Kassius. Os demais são o vocalista / baterista Alex e o guitarrista Júnior Sá.

A banda não deixou pra trás seus primórdios trazendo consigo suas primeiras composições, que rendeu o título deste material tão aclamado por muitos apreciadores do Thrash Metal. “THE BEGINNING OF THE END” vem com 7 faixas. As lendárias: “Chemical Death”, “The Rape” e “All the Evil”, todas essas foram compostas no início da banda, mas óbvio que ganharam arranjos mais maduros.

A banda contou com a participação de Sérgio Siqueira para elaborar uma intro, que soa como um tema de guerra misturado a cena de terror, e é exatamente o que nos remete a ilustração do encarte criada por Emanuel Pavoni. A gravação, mixagem e masterização ficou a cargo de Thadeu Siqueira, que poderia saturar mais pra dar mais peso, pois o som parece um pouco agudo, sobretudo a guitarra.

As faixas têm riffs introdutórios bem extensos e empolgantes, até entrar o vocal rasgado de Alex, que assume também o papel de baterista, com aquelas pegadas thrash core. As novas músicas soam na mesma linha das clássicas da década de 80, onde podemos comparar a "The Rape" com a faixa "Devastation", ambas têm riffs com uma cadência, além da velocidade core, mas o diferencial dessa música é por ela ser mais direta, com dosagem certa de instrumental e colocação de letras, pois algumas músicas as partes instrumentais são muito extensas.

"Dangers Minds" é outra que também nos soa mais direta e pode semear Circle Pit's em shows, mas também instiga uma 'bangeada'. Poderíamos passar horas aqui pontuado este material, desde a voz de Alex, solos desconcertantes de Jr. Sá e arranjos de baixo de Kassius, mas vamos finalizar dizendo apenas que a STORMS vem tempestuar mais ainda o Thrash Metal da cena de Pernambuco.

SITE OFICIAL

(por Hugo Veikon)

                                               << Voltar ao Site