Mais uma vez o Arena Metal PE ultrapassa as barreiras, para acompanhar mais uma banda Pernambucana em sua tour fora de Pernambuco.

 Dessa vez fomos parar em Mossoró – RN. Após mais de sete horas de viagem, enfim chegamos acompanhados pelo PANDEMMY, banda pernambucana que tocou do evento 12º RockStage.

 Depois de uma calorosa recepção do organizador Marcondes (Storm Produções), eis que o principio da noite de metal começa.

 A banda de abertura foi a “prata da casa” AMENKHARIS, que com seu Heavy Metal de primeira categoria fez todos os bangers baterem cabeça, assim que iniciou seu primeiros riffs. A banda, exclusivamente com seu guitarra solo e vocal Colombiano, mandaram  músicas do seu demo “Uno Cerne”.

 

Também detonaram as músicas do seu cd recém lançado TO DIE FOR MYSELF, com as faixas: “The Cup and the Trigger”, “My Black Lake”, “Good by my Love” e uma música em espanhol “Amandote en Silencio”. Ainda tocaram os covers do  HYPOCRISY, DARK TRANQUILLITY e PARADISE LOST, todas executadas com extrema competência, excelente apresentação!

A vez dos Pernambucanos da PANDEMMY subir ao palco. Os caras mandaram ver com uma empolgação, correspondendo na mesma intensidade dos bangers, assim o público ali presente se destruía com cada música tocada.

 

 A PANDEMMY está pronta para qualquer show, mostra isso executando as músicas do seu demo SELF- DESTRUCTION, faixas tais como: “In Front of Death”, “Heretic Life” e a própria faixa título, citada acima. Mostraram ainda em primeira mão uma música nova - “Involution”, acrescentaram os cover do VENOM e MOTORHEAD, cantadas pelo baixista. Com certeza a melhor apresentação da noite. 

                          

Como a banda LÁGRIMAS SANGUINE, do Ceará, não pode comparecer devido problemas familiares (o pai do baterista não deixou, a mesmo ir tocar), com isso a banda teve de ser substituída por uma banda local: SEYFER, até que os caras tocavam bem nos intrumentos, mas quando o cara cantava era difícil de aturar, o vocalista até que começava bem, mas logo em seguida soltava uns gritinhos altamente irritantes e muito desafinados, mas se vocês, caros leitores, acham que isso atrapalhou a apresentação? Estão enganados. Além de tocarem as sua músicas “Mountain Visions”, “The Last Offeking” e “The Punisher” o público juntamente com banda detonaram com os covers de: DIO, JUDAS PRIEST, BLACK SABBATH e um mistura de quatro músicas do IRON MAIDEN, veja bem! Quero deixa bem claro que não era um medley, foi uma mistura mesmo, mistura esta que empolgou muito a bangeada de Platão, que se divertiam muito. O objetivo foi a festa mesmo. Vale ressaltar que a banda não e ruim, talvez um pouco mais de ensaio e menos grito do vocalista, a banda tem potencial.

 É hora da SUPREMA, banda de São Paulo que estava realizando sua turnê de tributo ao IRON MAIDEM, os cara tiveram uns probleminhas  com o som no começo, a intro pra ser mais preciso, porém foi resolvido logo.Dando andamento ao show, começaram com “Ices High”, “Two Minutes to Midnight”, “Fear of the Dark”, “Run to the Hill”, “The Evil Dead me Do” entre outros clássicos, também umas músicas próprias ao fim do show, que infelizmente não conseguiram terminar, devido problemas com o ajuste do som.

                             

O SUPREMA pediu muitas desculpa, mas realmente estava impossível terminar a apresentação.

Mesmo assim, a SUPREMA fez uma ótima apresentação, agradando a todos bangers, mesmo estando todos cansados das apresentações anteriores. Muitos bangers torraram suas últimas energia na apresentação dos Paulistas.

 Gostaríamos de agradece a oportunidade que o PANDEMMY e a produção do evento (Marcondes) proporcionou ao ARENA METAL PE (Willian Headbanger), foi realmente um prazer e honra conhecer essa cena metal muito F.... do Car.... maravilhosa! Serve de exemplo pra muita cena que tem meio de bangers de web.

 Mais um parabéns aos bangers, que fizerem seu espetáculo e com certeza se divertiram muito.

 


Texto e Fotos por Willian Headbanger