GALERIA DE FOTOS (por Willian Headbanger)

Mais uma vez a Arena Metal tem  a honra de participar de um evento no agreste pernambucano, especificamente em Caruaru. Evento esse que como os paulistas do Mausoléu, os piauienses do Aurora Ígnea, e as pernambucanas  Hardegon, Ímpios e Lord Baal de Caruaru e a Cadaveric Infection da Cidade do Cabo de Santo Agostinho, essa última deu início ao II Bestiais Massacre, dessa vez com um demoníaco power trio. Os malditos  mostraram  um poderoso  Death/Black Metal e a cada apresentação melhor, principalmente com a entrada de um baixista, o  som dos malditos  ficou muito mais pesado do que já era, com certeza agradou a muitos dos bangers presentes. Rolou também uma participação  especial de Marcelo vocalista do Necrolust, com dedicação da música ao finado Irmão do Will (vocal e guitarra fundador da banda) uma excelente apresentação dos malditos.

Agora sobe ao palco os malditos do Piauí, a banda Aurora Ígnea, os malditos vieram direto do inferno para mostrar seu Black Metal em Caruaru. Um quarteto infernal e com músicas muito boas, mas poderia ser melhor se o baterista utilizasse o recurso do pedal duplo, muitas das músicas eu achei que ficaria mais preenchido se ele utiliza-se esse recurso, os riffs muitos marcantes, vocal de primeira e uma performance muito boa.

Era  a vez dos paulistas do Mausoléu, a banda mais esperada daquela noite de blasfêmia, que instigou a  todos os Black Metallers em uma linha bem old school. Assim foi o que eu ouvi de muitos dos fãs presentes. Total satisfação dos fãs ao cantar  muitas das músicas da banda uma apresentação que vai ficar na eterna memória dos fãs do Black Metal old school.

A quarta banda da noite foi o Ímpios de Caruaru. O show dos malditos foi muito bom, não sei como sobrou bateria depois da apresentação dos mesmo. O baterista é muito bom, veloz e agressivo sem perder a qualidade. Esta foi mais uma  apresentação "fuderosa".

O Lord Baal fez uma apresentação muito boa e ainda não consigo entender porque cantar as letras ou contraio, em meu ponto de vista isso é muito estranho. Mas fora esse detalhe considero os riffs muito bons, o trabalho de bateria também, mas esse lance da cantar ao contraio eu ainda acho estranho. Mas no geral foi tudo muito bom.

Por fim o Hardegon. A banda fez a melhor apresentação da noite, em minha opinião, já era quase  de manhã quando os malditos começaram a tocar, com um baterista extremo e agressivo,  riffs marcantes, a banda mandou os opus que por muitas vezes foram cantados pelos fãs mais antigos da banda.

Parabéns pela otima organizações de mais um evento underground de primeira qualidade, esse tipo de atitude que faz o underground  cada dia mais vivo.

Resistência metal.

Fotos e Texto por Willian Headbanger

<< Voltar ao Site