GALERIA DE FOTOS (por Willian Headbanger)
Texto Willian Headbanger

O Arena Metal pegou a estrada mais uma vez e esteve presente no Caruaru Noise Fest, que contou com as bandas Purulência, Agressive, Lepra e Psych Acid (esta com o show de lançamento do EP Disturbance Without Control).

Quem deu o pontapé inicial foram  os caras  do Purulência com um Hardcore frenético,  músicas curtas e muito  instigantes. Tinham mais ou menos uns dez caras muito empolgados fazendo um  roda punk, assim como os caras do Purulência, que estavam muitos instigados no palco e visivelmente também estavam se divertindo muito. O som estava muito bom. O estilo da banda é  um HC muito porrada e sem muita firula, do jeito que tem quem ser! Parabéns  aos caras pela ótima apresentação.

Os caras do Agressive,  thrash metal caruaruense,  fazem jus ao nome da banda e tem uma música agressiva pra valer. Os caras são muito instigados no palco, e essa energia contagiou a todos os bangers presentes pois enquanto uns bangeavam outros faziam a roda. Além das ótimas composições dos caras, eles também  mandaram um cover do Sepultura  e o hino de Caruaru em uma versão porrada. Muito boa a apresentação dos caras.

Os caras do Lepra, foram a penúltima banda a subir no palco. Eles  mandaram um grind muito do porrada,   muito instigante , que faz que muitos bangers formarem uma roda grindcore frenética, que durou a apresentação toda dos caras. Uma apresentação perfeita.

Por fim a Pysch Acid,  com a apresentação de lançamento do seu EP Distubance Without Control. A banda atualmente  é formada por Anderson Diniz (guitarra), Bruno Amorim (guitarra), Fabio Santos (baixo) e  Nato Vila Nova (bateria e vocal). A banda, fundada em 1991, passou um longo tempo parada, mas  voltou com força total, e a prova disso  é esse EP muito foda. Os caras começaram com uma Intro e logo em seguida  rolou  a faixa-título do EP seguida de "Our Mistake", também presente no EP. O som estava perfeito e eles aproveitaram e mandaram a música que dá nome a sua primeira demo, lançada em 1993, "We Are Next To The End". Logo formou-se uma roda frenética, que não parou mais. Rolou ainda "Corrupt” seguida de mais uma  da primeira Demo "I Can´t Understand" e  mais "Rough” e a faixa instrumental cujo título dá nome a banda. Próximo ao fim da apresentação dos caras rolou um cover do Destruction, e, para finalizar, a  música " Snapshot!!!" que dá nome a segunda demo, de 1995. Uma apresentação perfeita.

O Arena Metal agradece a produção do Coletivo Meio de Rua pelo excelente trabalho e organização, e a todas as bandas que fizeram excelentes apresentações.

Resistência Metal.

<< Voltar ao Site