GALERIA DE FOTOS

Cara amigos que acompanham o Arena Metal, desta  vez  estamos em caruaru, agreste de Pernambuco, para mais um  Visions of the Rock   com as bandas  Korzus (SP) – Storms (PE) - The Ax (PE), a noite que podemos chamar de uma noite de thrash metal dos anos oitenta.

O THE AX como de costume botou pra quebra logos na primeira música, logo se forma aquela velha roda thrash metal instigada, na qual eu fiz parte. Música após música e a roda ficava cada vez mais instigada, nem a chuva que rolou atrapalhou.

Além das suas excelentes composições, os caras mandaram também os já tradicionais coves do unleashed e o Motorhead. A The Ax demonstrou uma ótima performance, com sempre, e teve a retribuição  dos bangers presentes. Interessante é que posso garanti que a maioria dos banger estavam na roda comigo era a primeira vez que ouviam a The Ax se apresentar. Afirmo que os caras também se divertiram  pra valer, foi um troca de energia  sensacional.

Dando continuidade a porradaria, os caras da STORMS mandaram  um som muito destruidor, com uma formação em power trio fenomenal, que me fez lembra da Psych Acid, tambem de caruaru. Já tinha ouvido falar muito da banda, mas nunca visto.

Posso dizer com toda certeza, que os caras agradaram todos bangers que ali estavam, além de suas excelentes obras executadas com perfeição, era tudo perfeito: as música próprias, com muitos peso e qualidade, assim como  os covers executados do Exodus, Kreator, Destrution e Assassin, tudos executado com extrema competência. Parabéns pela extraordinária apresentação e espero ansiosamente pela próxima oportunidade de ver mais uma vez o show da Storms, e que seja em breve.

Por fim a banda da noite, a KORZUS. Logo no começo se forma aquela imensa roda e a porrada come  no centro. Os caras tinha uma energia extraordinária, e era passada para os banger. A gritaria começa quando a música que dá título ao novo álbum começa, “Discipline of Hate”, e  todos gritam o refrão. (D.O.H) entre muitas  musica “Truth”.

Gritaria também foi quanto tocaram “Catimba”, “Correria” e muitos outros clássicos da banda. Poderia ser melhor se o microfone principal não ficasse tão baixo, boa parte do show, mas nada que atrapalhasse a excelente apresentação energizada dos caras. Parecia um bando de adolescentes eufóricos no palco se apresentando pela primeira vez, pulando e batendo cabeça todo tempo, os caras estavam se divertido pra vale, afinal todos desde de banda a público somos bangers.

Em nome do Arena Metal gostaria de agradecer ao  grande Levi, produtor dessa grande celebração, ao Alex (baterista e vocalista da Storms), que me concedeu um entrevista e ao Dirk (baixista do Korzus) que tambem me cedeu uma entrevista.

Muito obrigada pela atenção e profissionalismo de todo. São atitudes como essas, que mantem o metal no nordeste vivo

Resenha e Fotos por Willian Headbanger

<< Voltar ao Site