Galeria de fotos

Os últimos eventos realizados no Bomber Rock bar vêm tendo a produção do Alive Studio e o com DEATH INC. não foi diferente, a data marcada foi 12 de fevereiro de 2011, a partir das 22h (mas houve um pequeno atraso) e a noite contou com três bandas pernambucanas: DEFUNTHOSEDHONERED DEATHHORROR FACE e a banda alagoana AUTOPSE.

Como de costume, boa parte do público pernambucano não tem o hábito de prestigiar a primeira banda, salvo quando a banda de abertura tem um grande elo de amizade por entre os bangers, mas gostos e prestígios a parte. A noite iniciou com a DEFUNTHOSED e um público minúsculo.

Sabe-se que para manter uma banda é uma tarefa categórica e a Defunthosed tenta lidar com esta situação, passando por uma restauração em seu line-up - na bateria um novo integrante que aparentemente ainda tenta se entrosar com os demais da banda, além de demonstrar ser um iniciante no seu instrumento - no baixo o guitarrista base que fizera o papel de baixista.

Assim eles iniciaram a noite com as mórbidas melodias “The Evil Birds” – “Rain of Blood”, esta última anunciada pelo vocalista como ‘chuva de sangue’, que preferiu apresentá-la em português. Apesar do pequeno número de bangers, que deixava a banda um tanto quanto tímida, ele deram continuidade ao seu set, partindo para faixas que compõem seu segundo demo, foram elas: “Defunthosed” – “Memories of Suicide” – “Trace of Death”. A banda ainda não estava cativando o público com seu Death Doom, que em alguns momentos soavam também um dark metal, e finalizaram sua apresentação com mais duas faixas de seu Debut: “God’s Slave Devil’s Slave” e “Decapitation of Corpse”. A Defunthosed vai amadurecendo aos poucos seu som e com mais alguns ensaios os integrantes poderão se entrosar.

Alguns ajustes na bateria e nos microfones provocaram atraso na apresentação do quarteto alagoano, AUTOPSE, que se apresentara em Pernambuco pela primeira vez. Esta demora aguçava cada vez mais a curiosidade de muitos, pois como se sabe: esta banda tem em sua formação 2 mulheres, sendo uma na bateria e outra no vocal, isto não é comum, principalmente aqui no Recife, talvez alguns subestimassem a capacidade, talvez outros admirassem.

Só o desenrolar da banda comprovaria e o ‘feedback’ do público confirmaria. Sob o efeito da guitarra de Raphael iniciou-se a apresentação da Autopse e após o primeiro riff veio o vocal gutural de Dani, em ótima altura, a banda executa de cara “Rancor” – “Autopse”, e já nessas duas faixas via-se que a banda tinha um pé no Death e outro no Thrash, mas pisava mais pesado no Thrash, com nítidas influências dos irmãos Cavaleras (Sepultura – Roots) – Soufly – Cavalera Conspiracy e ainda adicionaria Slayer (1998).

Mais alguns ajustes na bateria de Janaina, para eles (as) virem com: “Medo”, “Sanctuary” (Cavalera Conspiracy). Nessa hora o Bomber Rock Bar se dividia em 3 grupos: 1ª linha – os que gostaram da banda; 2ª linha os que curtiram, mas não abriram mão e na 3ª linha os que simplesmente analisavam.

Nessa hora a banda precisava um pouco mais de adrenalina para conquistar mais o público, isso poderia vim da vocalista, por não ter compromisso de tocar, mas o feedback maior do público veio quando eles tocaram “Refuse/Resist” (Sepultura) e “Blood fire War Hate” música própria de refrão pegajoso, e conquista mais o público por ter mais pegadas core.

Ainda tocaram: “Descontrole Metal” – “Ódio”, logo depois foi intercalado músicas próprias e cover sendo elas: “Atitude” (Sepultura) – “Sertão Lost” – “Troops of Doom” – “Breed apart”. Quando foi anunciado o enceramento da apresentação detonaram dois covers da Sepultura (“Territory” e “Roots”).

A HONORED DEATH começou sua apresentação por volta das 2h da madrugada. A banda vem com uma proposta de um Death Metal Melódico, mudando a atmosfera do Bomber, pois poucas são as bandas de Recife que usam teclado, isso mostra o porquê se rotulam Death Melódico. A primeira música a ser executada foi “Rising My Order – Intro”, mas a banda concentrou boa parte de seu set nas faixas do material lançado em 2006, detonando na sequência: “Lilith” - “Flaid by Hungry Eyes” - “Demonic Pleasure”. O Sexteto mostrou entrosamento, pois os músicos pouco se olhavam, o baixista junto ao baterista dominavam a cozinha.

O baterista com uma pegada segura no ‘kick’ do pedal, ajudou bastante o som da bateria, pois o som não estava dos melhores. A banda antes de mandar um cover de responsabilidade mandou uma própria, foi a música “For All That Eyes don't See”, agora sim um ‘puta’ cover que não deixou a desejar, “Cowboys From Hell” com direito a solos, só faltou mesmo mais agudo por parte do vocalista e eles fecham sua apresentação com as músicas “Ômega” e “The Sister's Lament”.

Já era bem tarda, porém muitos ficaram para apreciar o verdadeiro Death Metal Pernambucano sem arrodeio e sem frescura, os caros do HORROR FACE, logo após uma pequena intro improvisada  da música que dá nome a banda, só para dar uma analisada no som, e tudo testado os caras mandaram ver a “Horror Face” pra valer, que sempre causa uma grande euforia nos seus shows, em seguidas, mandaram as “Disease and Mifortunes” e “Amputed Rotting and Laceration” daí, caros amigos, a coisa esquenta e os  bangers de plantão começaram a roda Death Metal aquele ‘empurra – empurra’ desordenado e empolgante.

O clima continuou assim nas músicas “Thirsty For Cruelty” - “Cadaver Ocultation” - “Biological Desaster”, porém a mais instigada foi a “Hospital Virus Infection”.  Já era próximo da 4h da matina e empolgação dos bangers era a mesma, foi quando veio a música  “Worms Corroding The Face” e a Horror Face encerrara a noite Death Inc. com uma inédita e muito foda,  intitulada de “Serial Killer”, apesar de nova a música mantém a mesmo fórmula exclusiva das composições dos  caras.

Gostaria de parabeniza organização (Alive Studio ‘Léo Frias’) pela iniciativa de proporcionar um evento só com bandas de Death Metal e pelas bandas por tocarem com total empolgação.

 

Texto por Hugo Veikon (Defunthosed - Autopse - Honored Death)
              Willian Headbanger (Horror Face)
Todas as Fotos por Willian Headbanger

<< Voltar ao Site