Pernambuco invade João Pessoa, com o primeiro dos quatro shows previstos do FESTIVAL 10 INTOCA METAL, realizado no estado da Paraíba, pra ser mais exato, no Intoca Bar situado na Pça. Pedro Gonçalves, nº 08, Centro Histórico de João Pessoa - PB.

Ás 18h a pancadaria começa com a banda A SCARY FAIRY TALE. Os caras têm um visual meio estranho, parecem um banda de emo, mas mandaram um som pesado com umas levadas death / core/ new metal, com um vocal gutural um pouco confuso, agradando uma parte do pequeno público que se encontrava.

    

 

Dando continuidade ao show, sobe ao palco a EVIL FORCE,  banda de heavy metal oriunda de Campina Grande - PB, com uma notável influência do IRON MAIDEN, DIO e OZZY. O quinteto paraibano protagonizou um belo espetáculo, com músicas muito bem tocadas e de alta qualidade técnica. Dentre as músicas: Sickness Mind, Back to the Grave, Soldier of the Darkness, Live Here Alone e Nonsense. Sei que foram 10 execuções. Apesar da notável embriaguez da belíssima vocalista, que de vez em quando engasgava, tiveram uma apresentação razoável.

 

 

 

De volta à pancadaria, é a vez de mais uma pernambucana, a RABUJOS, mostrar seu som. Como de costume, os caras desceram a lenha e com suas músicas cada vez mais agressivas, foram elas: Foice, Sem Finais Felizes, 
Faca a Faca, Exílio... empolgaram uma parte dos bangers. Infelizmente, o pessoal estava mais pra observar a banda do que pra instigar. Nada que prejudicasse o excelente desempenho da banda.

É chegada a hora da banda mais esperada da noite. Os cara da DECOMPODED GOD fizeram uma apresentação digna de banda de grande porte. Não é a toa, que os caras vão fazer uma tour merecida, por países da Europa.O quarteto infernal executou com a mais alta qualidade técnica seus clássicos: “Hipocrity Liar”, “Ecce Homo”...  e as músicas do seu mais recente CD: BESTIALITY - No Gods, Kill The Bastard, Misanthropic Mind, Decomposed God e mais. Sem dúvidas, o melhor show da noite, que com certeza agradou a maior parte dos bangers.

Seguindo a linha death metal, vai ao palco o quarteto maldito: AHRIMAN,  com seu death direto. Começaram com uma Intro, em seguida: Revelation, Impurity, Paradise in Sodomize, Massive pain of New Flesh, um cover da Cannibal Corpse e mais duas de sua autoria.
Eles fizeram uma apresentação perfeita, mas infelizmente já não havia quase ninguém. Nada que tirasse a empolgação dos caras. Eles têm honra pelo o que fazem.

 

Bem, chegamos ao final do festival, já próximo da meia-noite, a vez era da banda NOBB, com uma mistura de new metal/ “pula-pula”/ grinder e um vocal death. Criticados, os caras cantam em português, mas sinceramente de difícil entendimento.
As suas: Be Saved, O Silêncio que Consola,  Acreditar em Nada, Ódio Reina e outras. Pouca gente empolgou, embora houvesse gente que estava lá só esperando os caras. Ou seja, fãs eles têm.

                       

O Festival teve algumas dificuldades encontradas devido ao público, mas já foram resolvidas e breve terá continuidade aqui em nosso estado, Pernambuco. Faremos uma maior divulgação e vamos torcer para que os “bangers de internet” passem a frequentar mais os shows e largarem um pouco o You Tube.

Texto e Fotos por Willian Headbanger