GALERIA DE FOTOS

O  nem  sol escaldante de   Olinda  evitou o multidão de bangers  com  sua  armadura negras  para mais um evento ,  que  fará  parte de mais um capitulo da  historia do metal Pernambucano. O festival  Setembro negro   com as bandas Norueguesas Keep of Kalessin e Gorgoroth e com as participações da  banda Paraibana Demonized Legion  e Pernambucana  Falling in Disgrace.

Já era quase 17 horas  quando a Power Trio Falling in Disgrace deu inicio a pancadaria. Os caras  começaram com a música “Messenger Of Death”  do seu mais novo álbum At the Gates of the Death . Sem muita demora  os caras mandaram uma música em  Português “Olhos de Canhão”, em seguida  “Killer Instict”.

O público ainda estava  começando a entrar e depois  mais uma em português, sendo a “Sociedade em Alerta”. Os caras estavam muito instigados no palco e os poucos bangers que estavam presentes  apreciaram , era visível as cabeças balançando freneticamente,  os  caras mandaram  mais duas  “Blood In The Eyes” e “Betraying  and  Playing  Dirty”, e por fim os caras  mandaram  a  música “Nymphomaniac”. No começo o  som deu um parada, mas logo foi resolvido,  uma apresentação curta mais muito boa.

O Demonized Legion  demora um tempo pra subir no palco e após esse intervalo começam a proferir um Death/black Metal insano e com identidade. A banda mandou  sem muita conversa as suas obras  “The Spawn of  Nihilism”, “A Toas for Freedom”, “ When Heaven Fall In Danrness", "Sexual  Death Massacre”. Nos primeiros  riffs ao último de todas essas músicas, o caos reinou, a banda teve uma performance  espetacular, uma energia  contagiante. A banda  também mandou o cover do Canibal Corpse  “Stripper, Raper, Strangled”,  também uma curta apresentação mais de extrema intensidade.

Como o palco das duas bandas headlines foi organizado antes de tudo, não houve demora para que a primeira viesse a destruir o primeiro setembro negro, e para concretizar tudo isso veio a banda Keep of Kalessin, que ainda divulga seu material de 2010, Reptilian, porém não deixou de executar músicas de outros materiais. De algumas partes da casa não se ouvia com muita definição a voz do front man Thebon, mas para quem não conseguia ouvir bastava apenas se mover e foi o que fiz, me localizei em um lugar mais a frente e tudo ficou perfeito, acredito também que o auxiliar de som foi ajustando os mínios detalhes e entre as faixa executadas teve: The Dragontower, esta parece soar mais extrema que em estúdio, exatamente na sequência veio Dragon Iconography, música de abertura do CD 2010, essa música agitou bastante os apreciadores das melodias que a Keep of Kalessin consegue tocar.

Mais uma do Reptilian, a música Dark as Moonless Night, como as músicas são bastante extensas a empolgação do público durava . a banda voltou no tempo e tocou a Against the Gods - do CD Kolossus (2008) música que mistura velocidade com melodias, elementos típicos da Keep of Kalessin. Senti falta do teclado, instrumento este em estúdio é executado pelo guitarrista, mas ao vivo eles usam um tipo de playback para fazer tal tarefa. Sem dúvida os metalheads não tinham visto até então uma banda de Black Metal com esses elementos aqui em Pernambuco.

Eis que por fim soube ao palco, talvez a mais esperada banda da noite, Gorgoroth. Com uma música instrumental - Intro (playback) eles abrem o show, e na sequência Bergtrollets Hevn, com o fim dessa faixa os black metaller estavam vendo pela primeira vez neste estado uma das bandas mais frias deste gênero. Algumas pessoas aqui no estado costumam criar rodas, mas no gênero Black Metal isso é incomum, porém estamos em Pernambuco e o público aqui tem um calor diferente.

A banda fez boa parte de seu set lis baseado no Pentagram e no Antichrist, mas rolou músicas de outros álbuns, tais como: Forces of Satan Storms (do álbum Twilight of the Idols (In Conspiracy with Satan) - bem como outros opus que se tornaram clássicos desta banda. Era incomum a forma como a banda "interagia" com o público, apresentavam e sem muito dialogo executavam. Foi assim em toda sua apresentação. Acabaram desceram do palco e acabou.

Parabéns a produção por trazer pela primeira vez o Setembro Negro e esperamos que este evento seja realmente anual aqui em Pernambuco.

Texto por Willian Headbanger (Falling in Disgrace & Demonized Legion)
               Hugo Veikon (Keep of Kalessin & Gorgoroth)
Fotos por Ana Paula - Dezza Ganny - Hugo Veikon

<< Voltar ao Site