GALERIA DE FOTOS

Dia 8 dezembro de 2012 foi uma noite from Hell , e a pedida era ir pra o Hellcife Fest encontrar grandes bandas do metal nordestino, encher a cara e confraternizar com todos. Assim foi com os pernambucanos do Hate Embrace e Malkuth e os baianos do Mystifier e Headhunter D.C.

Era uma noite de celebração do metal nordestino, mas infelizmente, como de costume, muitos que se dizem HEADBANGERS não entraram na primeira banda e isso não tem a ver com a qualidade das bandas de abertura, acho que o problema está no costume mesmo. Mas isso não impediu que o HATE EMBRACE mostrasse pra que veio. E foi o que aconteceu logo na primeira música, “The Sovereing”, do seu mais recente álbum “Domination.Occult.Art”, lançado em 2012, instigou os poucos bangers presentes que batiam cabeça freneticamente.  “Archaicreation” e “The Hate Embrace”, mantiveram o clima eufórico. Todas as músicas da banda tem um trabalho excelente, trabalhando de forma interessante três linhas de vocais distintos, que executada com extrema perfeição. Rolou também “The Father Sun” e a música que tem um trabalho de vocal perfeito, “Infinity Sahu”. Para finalizar o banda mandou uma música nova no estilo único da banda. Uma apresentação curta mais muito intensa. Excelente apresentação da banda.

A segunda banda da noite foi a MALKUTH. A banda começa a apresentação com a “Age Of The Ax” do último trabalho da banda lançado em 2011 intitulado de “Strogest”, que foi gravado com Nefando no Vocal e Baixo (o mesmo deixou a banda recentemente, mas deixou músicas que instigou os bangers). A cada música mais volume. Os caras mandaram mais três músicas do álbum “Strogest”: “Only Strongest”, “I amTerrorgod” e “Sol Negro” (música cantada em Português). Os caras estavam muito entusiasmados no palco, tanto que alguns momentos o Nigthfall (vocalista) cantou junto aos bangers. Os caras mandaram também “Nyarlathotep”( do álbum Nekro Kult Khaos – de 2006) e “Azimã” (do álbumThe Dance Of Satan’s Bitch – de 1998). Foi onde os bangers instigaram mais. Para finalizar os caras mandaram a "The Voice of Hastur”, uma apresentação perfeita.

O MYSTIFIER foi a terceira banda da noite de celebração. Os caras começaram o show com a música “(Invocacione) The Almighty Sathanas”. Nos primeiros riffs já dava pra saber que a noite prometia com os clássicos “Osculum Obscenum”, "An Elizabethan Devil - Worshphiper´s Prayer-Book", "Cursed Excruciation” e "Defloration (The Antichrist Lives)" todas do álbum Wicca de 1992. Os bangers estavam muito empolgados e bangeavam sem parar e a banda respondia da mesma forma. Os caras mandaram mais seis clássicos do álbum Goetia de 1993: “Aleister Crowley...” , “The Sign Of The Unholy Cross”, “Caerimonia Sanguilentu (Göetia)”, “Beelzebuth”, “The Realm Of Antichristus”, “Baphometic Goat Of Knights Templar In The 12th Century”. A apresentação dos caras estava próxima do término, mas para os bangers e para a banda parecia o começo. A banda fez alguns agradecimentos e finalizou com um clássico, só que dessa vez era de outra banda do Metal nacional com a música “Nightmare” do Sarcófago. Não poderia ser melhor!

Já próximo das 3h da madrugada, o HEADHUNTER D.C. começou sua tão esperada apresentação, com a funeral "March" de intro. Os baianos continuaram com duas músicas do seu álbum de 2012 intitulado de "...In Unholy Mourning": “Dawn Of Heresy” e “Deny The Light”. Nos primeiros riffs da primeira música, rapidamente se formou uma roda Death Metal infernal. Tudo o que falei na primeira música aplica-se a segunda e terceira, que foi “Stillborn Messiah” do álbum God ‘s Spreading Cancer de 2007, e a quarta “...And The Sky TurnsTo Black  (The Dark Age Has come)” do album de mesmo título de 2000. Os bangers assim como a banda não paravam (só o faziam quando era pra tomar umas), e mais Death Metal. Também tocaram duas músicas antigas, “Searching For Rottenness” do álbum "Punishment At Dawn" de 1993 e “Am I Crazy?” do álbum "Born...Suffer...Die" de 1991. A resistência dos banger era testada a cada música e correspondida a altura. Ainda teve “Hymn To Babylon” música do Split com Sanctifier de 2007, intitulado de "...in Deathmetallic Brothehood", depois mais uma das antigas, "Death Vomit" do "Born...Suffer...Die". E tome mais Death Metal com as músicas "Unexorcised (Haunting Your Exorcist) do álbum ... In UnholyMourning, "Conflicts Of The Dark And Light" do álbum ...And The Sky TurnsTo Black. Para finalizar, os agradecimentos finais e mais duas músicas: "Winds Of Death" do álbum Brazilian Deathkult Live Violence de 2002 e "Hail The Metal Of Death" do álbum mais recente de 2012, uma apresentação perfeita.

O Arena Metal agradece a Cronos Produções pela oportunidade de estar presente nesse espetacular evento, parabeniza a todas as bandas e aos, aproximadamente, 150 bangers da resistência, que fizeram um ótimo espetáculo.

Texto e fotos por Willian Headbanger

<< Voltar ao Site