Bandas: COLETÂNEA

Categoria: Metal

Ano: 2015

Muita gente insiste em dizer que o mercado nacional está ruim, saturado, sem criatividade, etc. Mas ainda existem guerreiros como Gleison Junior, um goiano que usou a mídia virtual em seu favor e está nos brindando com materiais de primeira linha. Especificamente neste terceiro volume da série temos 30 bandas dos mais diversos estilos e temáticas em um cd duplo, com arte e encarte, sendo que este conta com a foto e o contato das bandas.

Por se tratar de tantas bandas, não espere muita homogeneidade de qualidade sonora, mas livre-se disso e aproveite.
O primeiro cd inicia brutamente com o Tellus Terror, que não alivia em

"Bloody Visions" com seu estilo próprio de death metal, seguido pelo Land of Tears, que segue uma linha mais tradicional de death metal em "Mega Alexandros".

Outro som muito bom é "Eleven Years", do Incognocl, pois é cheio de quebradas e tem um som de baixo muito foda. Em contra-partida o In Furia vem com "A Luta", uma mistura de death com Black, num som mais arrastado e produção um pouco baixa.

A lapada come com o Last Chance e seu thrash trampado, cheio de quebradas e boa produção na faixa "Infernal Conflict Part 2 (Move On)". Já o Petrus 7 soa bem similar ao Ministry em "Vaidade". Uma sequência que muito me agradou foi o Living Heart, com seu heavy tradicional com voz feminina em "Hunger for Love" e D.Kraus, com som que lembra Tarja, mas com uma voz bem mais linda em "Divine".

E para provar a diversidade do projeto, a última faixa do cd 1 é um dark muito bom, intitulado "When The Clock Strikes Midnight", do Catastrophe, cuja levada é só teclado e bateria e a guitarra só aparece no solo.

Apesar do cd 2 ter algumas bandas mais conhecidas algumas faixas pecam pela baixa qualidade sonora, mas algumas bandas se destacam satisfatoriamente.

O power metal do Fates Prophecy inicia o cd 2 com "New Generation" e outra banda bem conhecida é o Necromancer, que nos apresenta a faixa "Deadly Symbiosis", um thrash mais crossover seguido pelo Gutted Souls, que nos apresenta um death podrão em "Dancing to The Sound of The Powers that Be".

Outra faixa muito boa é "Only Crestfallen Feast" do Desperata, um thrash moderno e com boa produção, que nos lembra o Nevermore. O cd segue com o Sunrose com a faixa "Another Life", um power enxuto e honesto, o Moretools em "Human Dependence", com muito peso e afinação baixa e o Defensor com um heavy metal com vocal gutural em "Refém".

E após os cerca de 66 minutos do cd 1 e dos cerca de 70 minutos do cd 2 nós temos apenas que parabenizar a iniciativa do Gleison por nos mostrar uma cena tão rica e diversificada, lembrando que após este vol 3 já foram lançados outros três volumes. Corram atrás que vocês encontrarão muita coisa boa.

Cheers!!!

 

(por Léo Quipapá)

                                               << Voltar ao Site