Banda: OUTMASK

Categoria: AOR

Ano: 2016

Logo nos primeiros acordes de "Awakening" já dá para perceber que a trilha dos sergipanos do OUTMASK é bem definida e refinada. Os teclados de Omar de Paula casam bem com a guitarra de Daniel Faria, criando um ambiente de A.O.R muito bom. O vocal de Enaldo de Paula tem um timbre entre o de James LaBrie e André Matos (em momentos mais barítonos), enquanto a cozinha de Marcel Freitas (baixo) e Diego Vieira (bateria) não trilham ritmos muito ortodoxos. E se o clima da primeira faixa é tranquilo, na segunda, "Contact" é mais ainda, pois é daquelas baladas com dedilhados e pouca bateria. Já "Blindness" é mais rock e confesso que os primeiros acordes me remeteram a "The Electric Co" do U2, mas o OUTMASK colocou um pouco de peso depois.

Uma das que mais curti foi "Wilting", pois começa pesada e usa e abusa de tempos quebrados, explorando bem cada um dos integrantes, principalmente na parte mais progressiva e no solo de guitarra.

Aos fãs do estilo, eis um nome nordestino que tem bastante potencial. Aos integrantes, meus parabéns pelo ótimo trabalho intitulado A King of Being, pela produção acima da média e arte gráfica muito boa. E não poderíamos deixar de parabenizar também a MS Records, por apostar e lançar mais uma boa banda nordestina.

Cheers!!!!

(por Léo Quipapá)

                                               << Voltar ao Site