Banda: ODHUVAL

Categoria: Heavy Metal

Ano: 2012

Não sou a melhor pessoa para comentar sobre este tipo de Heavy Metal, que conforme release da banda informa que a proposta é tocar Heavy Metal Melódico com elementos regionais, e ao longo do release é possível ver em qual das ramificações deste gênero musical a banda ODHUVAL irá se adequar.

Causei curiosidade? Então me deixe saciar agora mesmo. A ODHUVAL foi fundada por dois músicos que integram outras bandas do estado de Pernambuco, sendo eles João Andrade e Joabson Branntwein, que misturam o Heavy Melódico com elementos folks.

Vamos às odes musicadas. Conforme expliquei no início deste texto, não sou a melhor pessoa para comentar sobre esta ramificação do Heavy Metal, mas vou aqui apontar algo que conheço, em seu release consta como inspirações bandas como: Jethro Tull - Blind Guardian - Helloween, porém quando eu ouvi a faixa de abertura Home where I belong (que dá nome ao trabalho), eu perguntaria se Blackmore's Night também poderia ser citada como inspiração? Foi inevitável não se lembrar de Blackmore's Night, e confesso que esperava um vocal feminino, mas não é o que se ouve aqui. O responsável pelo vocal é Andrade, que também assume o papel de backvocal, contrabaixo, teclados, percussão, violão, programação de bateria e algumas passagens de guitarra.

A segunda faixa é a As braves they march, que soa semelhante a anterior. Nesta, já podemos ouvir alguns trabalhos de percussão, bem como mais variações de vozes, e do meio em diante um leve peso de guitarra distorcida, este instrumento tocado por Joabson.

A faixa que encerra este curto material é The Brad (in quest for what) que inicia com um estilo mais brasileiro, pois é eles se arriscam a aglutinar o samba ao Metal, mas eu não apontaria isso como negativo na ODHUVAL. Acredito que a ideia instrumental seja boa, pois muitas bandas headlines do Brasil já exploraram e obtiveram bons resultados e o resto do mundo gosta de ouvir nossos gêneros musicais. Eu só acho que a voz não se adequa muito, ou talvez não alcance algumas passagens.

O material é independente, com caixa acrílica cantado completamente em inglês, e com um trabalho gráfico legal que esconde alguma mensagem. Vale apena dá uma avaliada. Para ouvir mais visitem o myspace da banda: www.myspace.com/odhuval

                                                                                          (por Hugo Veikon)

                                               << Voltar ao Site