Banda: NOCTURNAL WINTER

Categoria: Black Metal

Ano: 2004


Ouvi essa banda nos idos de 2000, posso dizer que houve sim uma evolução do Debut Demo que ouvi chamado “Vampyre The Beast Prisoner Of Hunger”, mas neste Demo aqui resenhado chamado “Sheitan A Face Da Revelação Iniciática” não a classificaria como Black Metal, pelo tempo longo de todas as faixas e aquelas levadas extremamente soturna e sem peso, até mesmo de bateria, eu diria que a NOCTURNAL WINTER aqui fez um Dark Metal.

A primeira faixa neste é “Sacerdotes de Wodan” que vem uma sussurros que são realmente inaudíveis de tão baixo. Desta vez vem com um elemento que também não existia na Debut – os Teclados. A segunda faixa é a “Sheitan A Face Da Revelação Iniciática” com um vocal limpo que realmente não combinou com o instrumental chegando a sair de tom, Vocalista Sut-Harhet-Baint acompanha o ritmo, mas a afinação, não! Essa faixa acompanha o mesmo propósito da primeira, com dedilhados e depois aquele Dark Metal cadenciado, longo e sempre parada para que haja uma mudança de riff executado pelo guitarrista Crotallus, bom na arte de fazer riffs agudos pra linha Dark Metal.

Na terceira faixa “Nascer Consumir e Eternamente Existir” depois do primeiro riff eles sustentam um Dark Metal menos cantado e mais tocado. Enfatizando suas partes instrumentais. Com mais participações do baixo de Vocatur Lunae, essa é uma faixa mais pesada, e sempre oscilado a uma cadência que nos remete a idéia vicking.

Sabe aquela frase que as bandas dizem que todas as músicas são como uma filha? É o que a Nocturnal Winter faz com a faixa “Vampyre The Beast Prisoner Of Hunger”, pra quem conhece a banda desde 2000, sabe do que estou falando, essa faixa fez parte do Debut, e os guerreiros resolveram regravar neste segundo demo.

Em “Missa Negra” a banda nos faz ter certeza que é um Dark Metal, naquela linha da Bethlelehem, para fechar o demo ainda rola “Harhet Nosferat” e “Suicidio Por Arma de Fogo”. Com a mesma linha de som do começo ao fim do demo.

A banda teria neste demo como ponto negativo as músicas muito extensas e riffs bastantes repetitivos, mas bem típico do Dark Metal, a gravação está boa – apesar de parecer ao vivo, o que faz o bumbão não aparecer o suficiente, e não ficar audível para mostrar a marcação das músicas. A Nocturnal Winter está na ativa um bom tempo lutando pela cena e sem mudar seu rótulo, e fiel ao seu ideal.

download

(por Hugo Veikon)