Banda: MINDCRAFTER 

Categoria: Heavy Metal

Ano: 2015

Formado em 2008, em 2015 o MINDCRAFTER  teve a chance de lançar o seu primeiro full, ‘Signs Revealed’, que trouxe uma linhagem voltada para o prog metal, sem muita virtuosidade nas composições, trazendo uma sonoridade em geral mais rítmica e bastante alternada, porém com todas as dificuldades de se lançar um álbum físico no Brasil o grupo teve o lançamento deste ‘Signs Revealed’ pela MS Metal Records com distribuição da Voice Music, dando todo o suporte para o grupo divulgar sua música, que pode agradar os fãs das músicas de bastante variação nos compassos.

Phelipe Henrique, o mentor da banda, carregou praticamente todo o trabalho do disco ‘Signs Revealed’ nas costas, desde as composições até a produção, onde gravou os vocais e as guitarras. Muitas coisas tiveram o dedo do músico, que ainda teve o suporte do baixista Thiago Valasquez e de um baterista contratado, que, suponho eu, o mesmo não teve o nome citado no encarte por se tratar de um músico que apenas reproduziu em estúdio algo que já estava em mente (bem.. isto só a banda pode nos dizer). Sobre as letras, trata-se de um álbum conceitual que relacionou muito bem a sonoridade com os personagens do anime (The Night Wizard), que inspirou as faixas e trouxe um encarte bem trabalhado nesta parte de expor a inspiração com ótimas imagens.

Sobre a sonoridade, é um pouco difícil compreender o trabalho da banda, uma vez que quando se trata de prog metal se tem uma complexidade muita alta, mesmo sendo algo sem muito exibicionismo por parte dos músicos. Apenas na faixa instrumental “Against the Ravens in the Sky” é que os caras tiveram a chance de mostrar a criatividade, que merece maior destaque, porém as quebradas e mudanças rítmicas dão um nó na cabeça como foi no caso de “A Warrior's Blaze”, que apesar disto tudo é uma ótima faixa após você se familiarizar com tudo. Mas em outras faixas não houve muitas variações destas como a faixa que teve uma produção bem feita que abriu o disco “The Night Wizard”.  Outra que merece atenção é “During The Storm” que começa melódica e vai subindo, ganhando andamentos mais rápidos, com o som de tempestade tornando uma ótima atmosfera. E para quem curte algo mais pesado o disco ainda trouxe faixas como a “Challenge of the Gods” que se sobressai dentre as pesadas de ‘Singns of Revealed’.

Por fim, o disco é recomendado, uma vez que não ficou algo cansativo de se ouvir, porém músicas como “Secret Worlds” podem não agradar devido a saturada quebrada de ritmo e o vocal ainda não foi muito explorado como a música apresentada exige, além do vocal e as guitarras muitas vezes ficaram mais altos que os demais instrumentos, fora isto e trabalhando mais estes aspectos nos trabalhos vindouros a banda tem uma ótima sonoridade.

(por Ismael Guidson)

                                               << Voltar ao Site