A banda OSCULUM INFAME, que lançou este ano (2013) um material com tiragem limitada, cedeu entrevista ao Site Arena Metal, leiam com exclusividade, pois  não é muito comum ver entrevista com esses guerreiros.

Arena Metal - Caros amigos da Osculum Infame! É um prazer entrevistar essa banda, que inclusive tem difícil acessibilidade. A banda lançou recentemente o Bestial Sado Bode Terrorista. Nos conte como anda a distribuição e aceitação desse material.
Daemon Lutor - Hailz grande Hugo! é com grande satisfação que eu cedo esta entrevista para você, que já vem apoiando a Osculum Infame desde o momento que nos conhecemos!

Quanto a distribuição, está sendo realizada por mim e pelo Arena Metal, como você bem sabe, mas a tiragem já está no fim. Por ser um material limitado só deu pra divulgar para conhecidos... mas achei bom pois somente os guerreiros mais próximos e ativos estarão com o mesmo em mãos. Este material foi uma previa do que está por vir da nossa nova formação e pretendemos regravar umas das faixas para estar no próximo artefato. A aceitação está sendo boa!

Arena Metal - Esse material foi determinado pela banda que deveria ser limitado. De nossa parte de distribuição confessamos que tem uma grande procura. Vocês, hoje, acham que foi realmente melhor limitar esse material?

Na verdade tinha que ser assim pois esse material é uma previa, gravação ao vivo de ensaio por nós mesmos. Como a gravação da nossa primeira demo, que também foi ao vivo de ensaio e masterizada por nós, pretendemos seguir essa linha ao vivo, mas sempre tentando melhorar a qualidade.

Arena Metal – Este novo material conta com 7 música e 1 bônus ao vivo, mas a banda já tem algo para um novo lançamento?
Sim! Pretendemos fazer o próximo lançamento no final do ano de 2013 ou no começo do ano de 2014 com o selo Perversa Sinfonia de Guerra, de Teresina/PI, e talvez mais outras parcerias... já temos alguns novos hinos para esse novo material, que será uma junção com alguns sons da nossa primeira demo (PERVERSO HOLOCAUSTO), alguns da segunda (BESTIAL SADO-BODE TERRORISTA) e os novos...

Arena Metal - A banda, apesar de ser bastante underground, tem um vídeo de um show completo no youtube, pelo canal Democracy, e nele vimos que tem um publico legal. Como é a cena aí em seu estado, Pará?
Acho que a cena daqui é uma das mais insanas que já vi, mas em relação ao underground na questão da musicalidade é uma merda. Aqui só prevalecem bandas que são sujeitas a se vender para o público, tocar e fazer aquele típico som que agrada a maioria, o que não é o nosso forte! Nunca vamos agradar aos demais... aqui não é uma cidade para hordas satânicas como a nossa, porque o público que tem e que gosta realmente é possível conferimos no dedo. Nosso público é bastante pequeno e também já acho muito massa isso!

Gosto de ver o público de cara lavada com a presença satânica que passamos em nossas celebrações e para isso um público pequeno é o que basta. E o vídeo de que você está falando, gravado pela Democracy, foi só até o nosso quarto hino pois, se não me engano, já eram duas da madrugada e não tínhamos como continuar a celebração... fato que já tínhamos em mente que aconteceria e por isso resolvemos ser a última banda para poder dar chance das bandas de Teresina fazerem suas apresentações.

Arena Metal - A proposta da Osculum Infame é fazer um som bem cru. Isso é notório em ambas as demos, que ora soam bastante Death, ora soam meio Black e diria, até mesmo, ora Dark. Como a banda se define?
Nos temos gostos que variam entre o Death e o Black Metal das antigas e isso se torna presente constantemente em nossas composições sonoras e particularmente sempre se tornará.

Arena Metal - O que vocês diriam se comprarmos a demo "Perverso Holocausto" com a "Bestial Sado Bode Terrorista"?
Diria que ambas foram esculpidas com o mesmo pensamento de fazer um Death / Black agressivo e antigo. Na primeira demo nós tivemos um ano para aprender a tocar, fazer a sonoridade e gravar o que queríamos, mas isso foi naturalmente! Na segunda, quando eu saí do baixo e fui para a guitarra, foi da mesma forma. Nossos pensamentos não mudaram pois continuamos fazendo nosso som na mesma linhagem. Acho que a diferença da primeira e da segunda está apenas na saída do primeiro guitarrista, fora isso pretendemos continuar na velha escola de hinos e ideologias.

Arena Metal - Quais as principais influências da banda para escrever as perversas letras do " Bestial Sado Bode Terrorista".
Nossas influências sonoras são Blasphemy, Sarcófago, Nocturnal Blood, Nocturnal Vomit, Embrace Of Thorns, Revenge, Proclamation, Blasphemophagher, Bestial Raids, Archgoat , Destruktor, Repugnant, Infernal Curse, Black Witchy, Crucifire, Merciless, etc. Hailz Satanic Death Black War Metal comando!!!
Também somos influenciados por outras ideológicas de algumas hordas que nos identificamos! Por fim a letra de um dos nossos hinos da demo bestial sado-bode terrorista.

LETRA:
lhe empalarei sem piedade e sadomizarei em lucidez
te viciarei para lhe ter para mim, com o teu excretor vulvar...
bestial sado-bode terrorista.
invocarei e irei buscar para me deliciar com tuas nobres crias
levarei ao mais puro e nostálgico orgasmo
e semearei a todos com o meu prolífico sêmen!
destruirei, profanarei, explodirei o teu altar
eu sou a peste horrenda que arrasta o mal.
e as chamas do fogo do inferno!
sou o bestial sado-bode terrorista.

Arena Metal - Sabemos que vocês não gostam muito de entrevistas mas gostaríamos de agradecer a oportunidade e queríamos finalizar pedindo para vocês deixarem um último recado
Não é que não gostamos... Só não nos sentimos à vontade em dar entrevistas e falar e falar...
Sobre a nossa horda, na realidade não nos intitulamos como uma banda mas sim como um tipo de seita criada por nossas particularidades!
 A Osculum Infame nunca estará aberta para shows e sim para celebrações que visem fortalecer a seita. Sempre prevalecerá ao velho público, tosco e consciente do que está escutando!!! Estamos erguidos desde 2008 e sempre executando atos de horror. Agradeço muito a você, Hugo, por apoiar e por querer que nós compartilhássemos os pensamentos aqui em suas páginas.

'

 Facebook

(Entrevista por Hugo Veikon)

 

<< Voltar ao Site