(Entrevista por Renato Tiengo - Tradução por Hugo Veikon e Léo Quipapá)

[LEIA EM INGLÊS]

Arena Metal – Nós observamos alguns projetos que ganham vida e se tornam banda em seguida. "Mike LePond's Silent Assassins" pode pegar esse caminho?
MLP – Sim, isso é muito possível. Eu tive tão bons momentos gravando o álbum com esses incríveis músicos que eu adoraria ter uma banda paralela onde eu gravaria e excursionaria quando o Symphony X estivesse fora de estrada.

Arena Metal PE – Sobre o que as letras abordam, neste projeto?
MLP – Eu amo história, mitologia e literatura. Estes contos épicos trabalham perfeitamente com o Heavy Metal. Cada música tem sua própria história pra contar. Rei Arthur, Atilla, o huno, Edgar Allen Poe e tantas outras aventuras.

Arena Metal PE – Quem foram as pessoas que criaram, compuseram e produziram? E quem foram os músicos que trabalharam nessa ação.
MLP – Eu escrevi as músicas, letras e o produzi. Alan Tecchio (Watchtower) no vocal, Metal Mike (Halford) na guitarra e meu companheiro de banda, Michael Romeo programou as bateras, tocou teclado e alguns solos de guitarra.

Arena Metal PE – Como você escolheu os músicos?
MLP – Eu queria músicos que morassem próximo a Nova Jersey, USA. Eu queria sentar num estúdio com eles. Fazer isso mais pessoal. Com isto em mente eu achei os melhores talentos em minha região. Todos eles são meus amigos há anos.

Arena Metal PE – Quais foram os pontos positivos e negativos no “Silent Assassins”? Sobre os pontos negativos, o que você pensa mudar?
MLP – Esta foi a primeira vez que eu tive de ficar à frente de um projeto por completo. Então eu cometi alguns erros ao longo do caminho. Meu primeiro erro foi enviar as músicas por e-mail para outras pessoas aprenderem. Desta forma, nunca me deram os resultados que eu estava procurando.

Arena Metal PE – O Symphony X abriu muitas oportunidades de expandir este projeto? Quanto aos fãs, são os mesmos?
MLP – O fato de eu ser o baixista do Symphony X ajudou muito, porque isso fez as pessoas quererem ouvir imediatamente. No começo eu estava temeroso com o que os fãs do Symphony X pudessem pensar, pois era um estilo diferente, mas eles realmente curtiram.

Arena Metal PE – O que você vê de diferente entre o Mike LePond's Silent Assassins e o Symphony X?
MLP - Symphony X é um metal mais progressivo e o som é muito mais técnico. Mike LePond's Silent Assassins é uma linha de metal tradicional, mas muitas músicas são orquestradas como a Symphony X.

Arena Metal PE – Quanto as canções, qual delas tiveram melhor feedback?
MLP – As canções que tiveram os feedbacks mais positivos foram Apocalypse Rider (Faixa 1), The Quest (Faixa 3), The Outsider (Faixa 4) e Oath of Honor (Faixa 9). Essas músicas são bem diversificadas e atraem diferentes ouvintes.

Arena Metal PE – Você conhece alguma banda brasileira? Poderia dizer alguns nomes que você curte?
MLP – Sim, há algumas bandas brasileiras que eu curto além do Angra e Sepultura. Eu gosto da Mr. Ego, da Age of Artemis e Triddana. Essas são bandas incríveis. Espero que elas se tornem bem conhecidas no mundo do metal.

Por Renato Tiengo - Tradução Hugo Veikon e Léo Quipapá

<< Voltar ao Site