Banda: DYSNOMIA

Categoria: Thrash / Death Metal

Ano: 2013

Death ou Thrash? Como definir o estilo da DYSNOMIA? Não temos resposta. Pois é... essa é uma dúvida que temos quando ouvimos o material “As Chaos Descends”, lançado em 2013, de forma independente, com mil cópias. O EP  conta com apenas 3 faixas, mas são pomposas composições.

Seria possível fazer um show em 13min? Para essa questão temos resposta: Sim. Apesar de curto, você vai ouvir no "As Chaos Descends” um show de riffs neste tempo descrito. É do começo ao fim, sem tempo para vinhetas de marchas, ou sinos... A faixa-título do EP é a primeira da bolacha e bater cabeça é quase uma regra ao ouvi-la, apesar do nome da banda significar “desrespeito às regras”. A criatividade musical é absurda e mesclar pegadas core ao extremo é interessante e bastante rica (também podemos chamar de variante). Talvez o rompimento de não seguir leis.

Para não dizer que eles não nos deixam respirar, vem um efeito phase de guitarra apenas para demarcar que acabou uma promissora música e continuaria o show com a música "In Revolt". João Jorge mostra grandes qualidade de vocais, além de colaborar nas guitarras, mas vamos citar, logicamente, Julio Cambi que completa a dupla de guitarra da DYSNOMIA. Com a cozinha pesada de Denilson Sarvo, no baixo, e Érik Robert que explora bem seu set de bateria e usando bem os pratos condutores (Chimbal e Ride).

O show encerra, ou melhor, o EP encerra com a faixa "Casus Belli", que não é nem necessário dizer que é mais uma ótima faixa. Sem exagero, “As Chaos Descends” é um show em formato digital.

Achei a qualidade de equalização um pouco saturada, mas boa. A arte ficou a cargo de Marcus Lorenzet. O EP também conta com a participação de Paulo Balás (Abdicated) em duas músicas. O formato escolhido, a banda aderiu ao Semi Metalic Disc (SMD), pra quem não conhece o formato, trata-se de um material que fica de baixo custo para quem compra e ao mesmo tempo fica profissional, sem precisar fazer uma produção gráfica de baixa qualidade. Mas esse formato serve apenas para os modelos envelope. Algo que não deixou a desejar, muito pelo contrário cria uma padronização de valor financeiro do material e você pode adquiri-lo por R$ 5,00, em qualquer loja que distribua esse show chamado “As Chaos Descends”.

ASSESSORIA

 

(por Hugo Veikon)

                                               << Voltar ao Site