Banda: DIABOLI IMPERIUM

Categoria: Black Metal

Ano: 2013

Vamos começar essa resenha como se estivéssemos abrindo um envelope e nele estivesse o CD. E foi exatamente isso que aconteceu.

Recebemos do selo Animal Rock (localizado no Rio Grande do Sul - da conhecida cidade de Santa Maria) o material da banda DIABOLI IMPERIUM, de São Paulo, e quando pegamos no material, de cara, duas coisas chamaram atenção: o logotipo da banda e no canto, de forma bem singela, o nome do artista (nada mais, nada menos que Christophe Szpajdel, o criador de diversos logotipos de bandas ao redor do mundo). Ao abrir o material para ouvir, mais um ponto positivo para a banda, que se preocupou em fazer uma impressão de seu label.

Até já nos impressionam pelas altissonantes qualidades citadas, mas ao ouvir o som do teclado de Schmerz na música introdutória do EP, intitulado Genesis, já pressentimos a atmosfera que pairará no ar: Um Black Metal sinfônico (que mesmo tendo esse rótulo eles também mesclam outras vertentes dentro do Heavy Metal). Então nos apresentam as faixas "Oblivion Shall be on Your Grave" e  "Apocalypse Revelations", que além de sinfônicas são também extremas. A "Apocalypse Revelations" até recebeu um clipe. Também pudera, essa faixa tem uma fúria transmissível com o inferno ao seu lado e o vocal de Daimonos reforça essa minha observação. Em seguida,  a faixa de encerramento, "A Forsaken Aeon". Só não gostei muito do elemento que a banda adiciona à bateria de Scorpio no meio desta faixa, muito embora os Clear Vocals e os riffs logo em seguida de Asterion e Pantheros foram muito bem aplicados.

Agora devo admitir que a banda pecou em não estampar informações a respeito dos nomes dos integrantes, ano de gravação e até mesmo uma foto para exibir que usam corpse paint, afinal o uso dessa pintura tem um significado. Mas a DIABOLI IMPERIUM toca um Black Metal que vale a pena ouvir, sem dúvida.

ReverbNation [AQUI]  -  Facebook [AQUI]

(por Hugo Veikon)

                                               << Voltar ao Site