Banda: DAMM YOUTH

Categoria: Crossover

Ano: 2016

Você já precisou sair corrido de alguma situação devido à periculosidade? Se já, pronto! Esta é a instiga que você sente ao ouvir o som dos cearenses do DAMN YOUTH, lançado no ano de 2016. Os 5 minutos desse EP, intitulado ‘No Mercy to Nazi Sympathy’, são suficientes pra você já perceber que a balada aqui é sanguinária. O som dos caras é uma mistura surpreendente de Thrash, com Punk, com Hardcore, Sk8... bem, isso tudo pra mim dá em Crossover.

Os caras são corridos de outras bandas dos estilos já citados, e em falar em corrido é justamente o som da banda... correria ‘ducacete’. A primeira música que rompe o selinho de seus tímpanos é a faixa título, “No Mercy to Nazi Sympath”. Esta música já mostra as várias vertentes que a banda flerta, e é tudo bem tocado, nítido e definido. Uma música com letras fortes.

A segunda faixa é “No Hero”. Nesta, o elemento thrash é muito evidente. A vontade de deixar o som bem direto torna suas músicas bastante audíveis.

O material ficou bem gravado, soando como a banda é ao vivo, e vá por mim: eles são exatamente assim! Já vi a banda e tenho total propriedade da validar isso. E garanto que muitos que viram a DAMN YOUTH ao vivo curtiram. Saliento que só aumentaria o som da guitarra um pouco mais. A banda finaliza com um cover de "Nazi Punks Fuck Off", do Dead Kennedys.

Para deixar bem claro suas ideias, a banda apresenta no encarte um texto bastante interessante sobre os ditadores de regras e preconceituosos de todos os gêneros. Isso é muito importante transmitir no movimento underground deixando claro quem você é e o que você quer transmitir, e não viajar em palavras ou melodias bonitas que no final não dizem nada.

 

(por Hugo Veikon)

                                               << Voltar ao Site