Banda: CACHORRO DA DUENÇA

Categoria: Grindcore

Ano: 2014

Aqui no nordeste, quando alguém usa a expressão "mulesta dos cachorros" ou algo similar podemos entender vários significados inclusive "Puta que pariu!". E foi uma junção das duas expressões que eu usei ao ouvir o grindcore dos caruaruenses do Cachorro da Duença.

Tudo o que você espera de um bom álbum de grindcore você encontra neste "Degradação Humana", gravado no começo de 2014 e lançado por várias gravadoras independentes. Os caras mandaram muito bem na parte gráfica pois o encarte é completo com letras e informações técnicas, além de um backline estampando uma famigerada vaquejada onde aparentemente os bois estão vencendo.

Um detalhe que acentua positivamente o Cachorro da Duença é fato de que as letras abordam as críticas contumazes do estilo como também regionalizam os mesmos. Seis dos 15 temas do CD tem esse detalhe. E não por menos, estas dão meus destaques no CD, que dura pouco mais de 17min mas não deixa pedra sobre pedra.

A primeira delas é "Vaquejada é Tortura", onde o baixo ignorante de Cássio Torres dita um ritmo violento. Outro destaque é "Epidemia da Pedra", que expõe a mazela causada pela droga e que hoje também invade o interior do estado. Mais à frente temos "Nordeste Inventado", que põe ao chão muitos discursos políticos de que estamos em terras com possibilidades e progressos. A cidade vizinha a Caruaru, dá tema a outra boa composição: "Toritama" expõe a desigualdade existente naquela cidade onde se ganha a vida em fábricas de roupas que, muitas vezes, são clandestinas e só geram lucros para os donos. E o que falar de "Nazista Nordestino"? Dicotomia que, pasmem, existe!

Quase todas as letras são do vocalista Gustavo Madruga, mas vale destacar também o ótimo trabalho de Alberto Barbosa na guitarra e Pedro HC na batera. As palhetadas certeiras e riffadas, conforme podemos ouvir em "Zona de Conforto", "Capitalismo" e "Maldita Herança". Inclusive, há momentos em que a estrutura de algumas músicas lembram bastante a também pernambucana Rabujos.

Enfim... Tem no YouTube, tem em sites de vários estilos e tem a melhor opção de todas, que ainda é o CD físico. Corram atrás pois a banda é muito competente e fizeram um CD com garra, força e composições acima da média.

[Facebook]

(por Léo Quipapa)

                                               << Voltar ao Site