Banda: BONES IN TRACTION

Categoria: Death Metal

Ano: 2014

Quer um resumo deste trabalho, intitulado "... In the Docs", dos potiguares do Bones in Traction? Death metal de primeira!!

Mais uma vez, a Rising Records nos brinda com um trabalho acima da média.

Logo nos primeiros acordes da faixa "God Bless", nota-se um trabalho muito bem produzido e pesado. Em "Grain by Grain" não há muita velocidade, mas um caos sonoro que já te dá um gancho no queixo, te gruda na cadeira e te faz ouvir o restante do álbum com atenção. O trecho intermediário, cantado em português, foi muito bem sacado e não pareceu forçado ou deslocado.

Na faixa seguinte, "Hell to the King", as guitarras sujas de Vinicius Martins e Quintino Neto fatiam bem e dão canja para a voz cheia de efeitos de Plínio Marcos, que em vários momentos me fizeram lembrar do estilo de voz de Marcelo Diaz no "Ashes to Ashes, Dust to Dust" do The Mist.

A bateria segura, precisa e violenta de Vicente Andrade  inicia a cadenciada " Rubber bullet ", que só explode no solo antes do fim. A faixa "Depression" em vários aspectos se assemelha a homônima, do Genocídio, inclusive nos efeitos de voz e ritmo arrastados. Nela, o baixo de Thiago Costa marca com firmeza e descrição, mas não alivia o peso. A última faixa, “Modern Man”, injeta doses cavalares de peso logo no começo e fecham com chave de ouro este ótimo trabalho

O único porém que cito do trabalho é a falta de encarte com letras, pois isto distorce do ótimo trabalho gráfico, cuja bela arte é de Alcides Burn.

Como se trata de um EP, ficam as dicas para prepararem um dos melhores trabalhos da música pesada nordestina. E quando lançarem, fiquem certos que terão muitos fãs e seguidores pois a qualidade da banda é latente.

Cheers!!!

[Facebook]

(por Léo Quipapá)

                                               << Voltar ao Site