Banda: BONEBREAKER

Categoria: Thrash Metal

Ano: 2008


"Hendonisty way of Being" é a amostra que a BONEBREAKER está violando suas criativdades, este 2º demo lançado em 2008, desta vez de forma independente, mostra a evolução da banda, tanto em arranjos e peso.

A BONEBREAKER migra de um Thrash oitentista para um Thrash / Death, embora o vocal de Pedro Dias inspire elementos um tanto quanto um Thrash / Black, que em minha humilde opinião ficou baixo (em sonoridade) se comparado aos demais instrumentos... e também senti falta de seus agudos bay área, que me parecia uma característica dele.

Mas eis que o baterista Carlos nos presenteia com toda sua cadência e velocidade, é assim que se inicia “Illusion” é o nome da 1ª desgraçada, essa faixa tem um riff bem marcante. A 2ª desgraçada é a “Alcoholic Avenger”, inspiração à ilustração da capa, um core fudido, retratando as noites boêmias destes caras nas ruas do Recife, difícil ver letras assim, em bandas pernambucanas, penso que talvez inédito! Vale ressaltar nesta faixa a introdução do baixista (Lael) e o solo do cú.

Aqui você quebra o pescoço, estou falando da “Orgastic”, vários lances de bate cabeça, e um solo que vale apena mencionar, esta desgraça tem diversos riffs de abrir qualquer roda aqui em PE.

“The other Side”, essa 4ª desgraçada é de pura cadência, e eis que passado os 2min3sg o agudo de Pedro é ouvido, Putz! Esse cara não pode abandonar mais nunca esta marca. A faixa é uma grande demonstração musical da banda. Apesar que em questão de solo ainda voto na 3ª desgraça deste demo.

A 5ª desgraçada a esmagar nossos ossos é a faixa “BoneBreaker”, num ar tenebroso nos sentimos quase no show, tanto pelos aplausos (efeito sonoro) como a empolgação que essa faixa nos transmite, e seu refrão “...Bonebreaker” e o agudo de Pedro.

Ótimo material sonoro, excelente trabalho gráfico, a BoneBreaker tem se esforçado e tem aparecido cada vez mais na nossa cena.

Veja também (Resenha Sobre Demo da Bonebreaker)

Contato: bonebreaker@gmail.com

(por Hugo Veikon)