Banda: ANITA LATINA

Categoria: Heavy Metal

Ano: 2016

Nos cinco primeiros segundos deste cd dos paulistas do ANITA LATINA já fica clara a forte influência no rock progressivo e o nome Rush não tem como escapar das referências. O trio é de Campinas/SP e é formado por Bruno Gazoni (Vocal/baixo/teclado), Tarcísio Barsalini (guitarra) e Matheus Vazquez (batera). E antes que se perguntem, não existe nenhuma Anita ou mulher na banda!

Voltando aos sons, a faixa “Deserto” nos trás a mente o Rush, ou seja, os caras são bons. Atualmente também vemos muitas bandas de rock explorando elementos da música brasileira e aqui não é diferente pois o nome da faixa seguinte, “Baião”, já diz exatamente o que eles vão explorar. Se você não estiver antenado à música não perceberá que a mesma se junta com “Insunity”, onde boa parte da bateria me fez lembrar do Led Zeppelin.

Esse tipo de som é interessante porque consegue se encaixar em vários tipos de festivais, seja os mais pops ou os mais undergrounds, e diria até mesmo em bares com um público mais alternativos. Por que aqui você vai ouvir bem mais do que isso que mencionei pois também tem blues, jazz, fusion, rock...

A banda é musicalmente boa e a recomendo pra quem curte um som psicodélico, e vou destacar o baterista Matheus Vazquez pela exploração de seu instrumento. O material tem uma arte linda e viajada, com desenhos geométricos, que me pareceu até um mapa, enquanto as letras juntas formam uma chave. A ideia veio de Lucas Piro, mas parabéns a todos os envolvidos!

(por Hugo Veikon)

                                               << Voltar ao Site