Bandas: AGRESSOR

Categoria: Thrash Metal

Ano: 2014

Que correria esse novo álbum da banda AGRESSOR! Oriunda do Rio de Janeiro, o material foi lançado em 2014 pela Eternal Hatred e é de uma exploração thrash de arrepiar. Neste atual lançamento, que recebeu o nome de “Demise of Life”, o som dá continuidade ao que eles fizeram em 2006 no “Victm of Yourself” e ainda sinto aquela influência de bandas como o Obituary, porém com mais frenesi, mais pegada e mais elaboração.

O material tem 10 faixas e ganhou um encarte enorme que ao ser aberto por completo se torna um pôster (arte por José Maria Martins e Booklet pelo batera Paulo Tinico e o guitarra Alexandre Cabral), mas uma pena não poder fazer um quadro, porque ou você usa como pôster, ou você fica com as letras pra acompanhar. Preferi o último, afinal as músicas têm mensagens super interessantes. Por que o que dizer de uma música que defende nosso ecosistema de uma forma tão realista? Assim é a música “Save the Forest” que também tem um ótimo instrumental, tem momentos em que as guitarras parecem estar rasgando a pele, executadas por Alexandre Cabral (também backing vocal) e Raphael Zaror.

Não vamos citar todas as músicas pois é um álbum de 43min. Vamos também citar a bateria que é nervosa, mas na música “Morte em Vida”, Paulo Tinico (que também é vocalista) faz levadas mais interessantes. Outra que também destacaríamos é  “Belo Morte”, que é uma faixa que foi cedida a nossa coletânea [LINK]. Ela é mais uma em português e crítica de cunho político. O fim desta faixa se confunde como continuidade da faixa seguinte (Spirit of Death) e foi nesta que mais achei que Gustavo Lima (backing vocal/baixo) aparece. Há outra que ele também aparece mais (“Terra sem Lei”).

Sem dúvida, a AGRESSOR já fincou seu nome em terras brasileiras. Lembro até quando errei um comentário acerca da banda e um fã me corrigiu. Isso prova o quanto eles têm seguidores.

(por Hugo Veikon)

                                               << Voltar ao Site