Banda: ABYSS OF DARKNESS

Categoria: Death Metal

Ano: 2005

Tenho a honra de resenhar a horda pernambucana de Death Metal ABYSS OF DARKNESS,mais precisamente da cidade de Jaboatão dos Guararapes, vi esta horda SURGIR! Fui aos primeiros shows e tenho em mãos o full-lenght intitulado “Dusk of Gods” lançado em 2005, com Elvis (vocal e guitarra), Márcio(guitarra), Wyndson Arruda(baixo) e Hugo Aquino(batera).

O disco abre com uma “intro” bem sombria, com gemidos femininos e ao fundo choros de crianças, assim aumentando a atmosfera nefasta.

A segunda faixa intitulada “Atheist” nos apresenta um Death Metal mesclado de old school e umas pegadas mais atuais, os vocais com muitos reverbes mas nada que altere o som, aqui encontramos fortes influências de Death , Morbid Angel.

Em seguida vem a “Victory about Himself”, uma música bem old school, mas com pegadas brutais à la Deicide, vocais dobrados e uma bateria bem técnica.

A quarta faixa “Impossing Blasphemy” é uma música rápida e direta, notamos que o Elvis usa muitos vocais dobrados, transmitindo todo o ódio e violência que toda horda, que se propõe a fazer Death Metal deveria fazer.

Vamos para a “Perpetual Anguish". Esta faixa tem uma pegada bem oitentista, à la Sarcófago, com vocais limpos e passagens bem Thrash.

A faixa 7 - “Philosophal War”- é uma regravação da demo homônima, uma música bastante cadenciada e com passagens extremas, solos de guitarras bem rápidos e um curto destaque para o baixo, e como sempre, Hugo Aquino mostrando grande versatilidade nas baquetas.

Esta horda é recomendada para não apenas os apreciadores do Death Metal, mas para os pareciadores do Metal extremo em geral. Vale a pena conferir! Stay death!

 

(por Williams Ângelo)